Alimentos contra o envelhecimento e aqueles que envelhecem

Neste artigo, vamos compartilhar informações sobre aqueles alimentos que envelhecem ao mesmo tempo que daremos uma lista de alimentos anti-envelhecimento, sendo os primeiros os que o ser consumidos com freqüência chegam a prejudicar a saúde e, portanto, colocam em risco a longevidade e qualidade de vida.


Alguns estudos demonstram que , geralmente, 25% do tempo que permaneceremos com vida é determinado pela genética, enquanto que o outro 75% é determinado por alguns fatores, sendo o fator de maior importância da alimentação. Hoje em dia existem inúmeras pesquisas que mostram que uma redução do teor de calorias que se consome aumenta a longevidade.

Alimentos que envelhecem

As frituras e processados encabeçam os alimentos que envelhecem


A glicacion uma reação química que envelhece


Também existem estudos que demonstraram que o aumento de reações químicas que produzem a glicação (sendo este o resultado da reação do corpo ao consumo do açúcar, a causa dos maus hábitos alimentares) está relacionada com o aumento de processos inflamatórios, engendrándo proteínas de um tamanho maior chamadas “proteínas glicosiladas”, sendo prejudicial para o organismo. Com o aumento da idade, as proteínas glicosiladas se chegam a acumular-se nas células, destruindo-as camadas feitas de colágeno e elastina da pele.


O processo pelo qual se produz um alimento também pode aumentar os glicados, por exemplo, um bife cru tem uma média de 636, no que se refere ao Índice de glicados, considerando-se como baixo, o mesmo bife feito no micro-ondas aumenta até 2418, considerando-se moderado. Se este produto é feito na grelha terá 6674 que já é considerado alto, e se fritar em uma frigideira este nível se eleva a 9052, considerando-se tóxico.


Junk food


De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Minnesota, onde se avaliou mulheres americanas, onde se descobriu que aquelas que consumiam hambúrguer tinham até 50% a mais de risco de desenvolver câncer de mama em comparação com mulheres que comiam menos hambúrgueres, como aqueles homens que consumiam produtos cárneos transformados ou na grelha, uma vez por semana tinham 50% mais risco de sofrer câncer de próstat. Esta informação foi publicada pela revista Life extension Life Extension Foundation.

Também lhe recomendamos que leia:Alimentos saudáveis para perder peso

O perigo destes alimentos residem na quantidade de gordura, sal, açúcar, conservantes, corantes, aromatizantes e outros que tem, este se aplica especialmente aos produtos industrializados ou em um imprópria preparação deles, que ao entrar em nosso organismo provocam reações adversas, colocando em risco a nossa saúde e aumentando as chances de sofrer de doenças, reduzindo assim a nossa longevidade.


As gorduras reagem com facilidade dos radicais livres, ferrugem afastado e aderindo às paredes de nossas artérias, o que só é questão de tempo antes que o entupimento e nos conduzir a um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral.


O açúcar ao entrar em reações químicas com os radicais livres, chamado glicação, danifica às nossas artérias e aumentar o risco de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco, bem como também estimular o pâncreas e até mesmo causam diabetes no futuro.


Os corantes e conservantes podem causar vários problemas, incluindo alergias, irritabilidade, déficit de atenção, dor de cabeça e algumas reações que aumentam as chances de sofrer de vários cancros.


Para reduzir todos esses problemas, nós podemos escolher alimentos anti-envelhecimento, os quais são formados por cereais integrais, que são naturais e, de preferência, orgânicos, sem frituras, sem açúcar ou sódio como base principal os melhores alimentos não devem estar marcados, nem ter data de validade, entre outros.


Alimentos que envelhecem



  1. As bebidas processados devem ser evitados a todo custo, já que em sua fabricação utilizam um monte de ingredientes presentes nos alimentos que envelhecem como o sódio (sal), conservantes, corantes, aromatizantes, acidulantes, açúcares ou adoçantes no caso de ser light ou dietética. Muitos destes são considerados como alimentos cancerígenos e, portanto, não é usado em muitos países.

  2. O inhame frito é rico em açúcar, gordura e ainda mais se lhe acrescenta o sódio (sal).

  3. Os aperitivos feitos de milho são ricos em sal e gordura, mas o que certamente o torna um dos alimentos que envelhecem é que foi geneticamente alterado, por isso ainda não foi provado que é totalmente seguro.

  4. A Pizza congelada também é muito rica em sal ou sódio, açúcar, gorduras e conservantes.

  5. A salsicha tem um alto teor de sódio, gordura e corantes, sendo agentes que se encontram continuamente os alimentos que envelhecem, e perigosos, já que podem chegar a converter-se em alimentos que promovem o câncer. Diversos estudos norte-americanos associam-se a sua ingestão com um maior risco de leucemia em crianças.

  6. Frios e alimentos defumados, como bacon, salame, salsicha, presunto e mortadela, têm altas quantidades de gordura e sódio, razão pela qual é considerado entre os alimentos que envelhecem e ser uma das causas por que se sofre de doenças degenerativas, como o câncer.

  7. Os sucos de fruta industrializados, além de ter um baixo teor de fruta, tem altas quantidades de açúcar ou de sabor, corantes e aromatizantes e conservantes artificiais pelo qual lhe deve integrar a família dos alimentos que envelhecem.

  8. As gorduras trans são desenvolvidas por a mal chamada “indústria alimentar”, para que possam manter os alimentos durante longos períodos de tempo sem que se estraguem, mas com isso aumenta-se o risco de que são depositados em nossas artérias, causando ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais.

  9. Os adoçantes artificiais, apesar de ter baixos níveis de calorias, está integrado entre os alimentos que envelhecem devido a que vários estudos têm associado a doenças degenerativas como o mal de Parkinson, mal de Alzheimer e um que outro tipo de câncer, porém ainda é necessária uma investigação mais exaustiva, mas devemos ressaltar que não são todos iguais, já que está demonstrado que a estévia tem um menor risco.

  10. BPA– é um produto presente em muitos dos recipientes feitos de plástico que utilizamos, e é usado como revestimento interno de produtos enlatados, o qual foi proibido de usar mamadeiras e rebentos, porque se demonstrou que era potencialmente perigoso e capaz de produzir um câncer e interferir com os hormônios.
Também lhe recomendamos que leia:o Que levar para a gripe para assim combater e reduzir os seus incômodos sintomas

Alimentos contra o envelhecimento


Certamente você já deve ter ouvido falar que existem alimentos antienvelhecimento que promovem a longevidade, saúde e qualidade de vida. Nesta seção, vamos conhecer quais são os alimentos contra o envelhecimento e hábitos que devemos promover.

Alimentos contra o envelhecimento

Os alimentos contra o envelhecimento e os hábitos saudáveis são o elixir da juventude


Entre os alimentos anti-envelhecimento, devemos mencionar, aos vegetais, frutas, vegetais, gorduras saudáveis como Ômega-3 presente em óleos, nozes, castanhas e peixe, cereais integrais, arroz e trigo integral. Proteínas com baixas quantidades de gordura, como a do peixe, frango, ovos, feijões e lentilhas são também boas opções.


Recomenda-se também a produtos ricos em indol-3-carbinol, que está presente em vegetais crucíferos, como brócolis, couve-flor e repolho, sendo uma substância que diminui as chances de sofrer de câncer , já que facilita a conversão de estrogênio em sua forma menos cancerígena, bloqueia a ação do estrogênio nas células, elimina e inibe a ação das células cancerígenas e reduz a presença de radicais livres no organismo. É por essas razões que você deve incluir entre os alimentos anti-envelhecimento.


Entre os alimentos anti-envelhecimento, também devemos mencionar aqueles que promovem a saúde do nosso cérebro como:


O vinho tinto, se consumido com moderação tem um fenólico antioxidante chamado resveratrol. Segundo diversos estudos têm demonstrado que esta bebida pode aumentar a longevidade, um efeito muito semelhante ao causado pelas restrições calóricas. Já são numerosos os estudos que apontam como um alimento para a pele, devido a que otimiza as funções do cérebro.


Entre os alimentos anti-envelhecimento, devemos ressaltar aqueles com uma cor vermelha muito peculiar, como os mirtilos, morangos e outros. Isto se deve a que são ricos em antioxidantes como antocianinas e compostos fenólicos como o elagitanino ou o ácido elágico, que de acordo com diversos estudos tem demonstrado a sua vasta lista de benefícios contra doenças, já que reduz a inflamação, controla a diabetes, protege a função cognitiva do cérebro e a saúde cardiovascular.

Também lhe recomendamos que leia:Alimentos contra a acidez que ajuda a reduzir as agruras

O Mirtilo , por exemplo, tem sido estudado desde o ano de 2005, através do melhoramento genealógico que os polifenóis presentes nesta fruta podem reverter as deficiências cognitivas e motoras causadas pelo envelhecimento. Por outro lado, o extrato proveniente do mirtilo estimula a neurogénesis no hipocampus, sendo esta a principal parte afetada do cérebro quando se sofre de mal de Alzheimer.


Devemos, também, fazer exercícios regularmente e ter em conta que o elixir da vida, está em uma alimentação equilibrada e um estilo de vida saudável, evitando a todo custo junk food. Se você gostou do artigo e não se esqueça de compartilhá-lo assim cada dia seremos mais pessoas com bons hábitos alimentares.


Com o envelhecimento aparecem as rugas, recomendo o uso de Colastrina para acabar com rugas, estrias e celulites, e com o famoso pé de galinha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *